Esporte

Cristóvão descarta demissão após eliminação

Escrito por admin

Técnico disse que pressão é normal e culpou o resultado do jogo de ida pela queda na Copa do Brasil

A derrota para o Vitória que resultou na eliminação do Vasco na Copa do Brasil aumentou a pressão sobre o técnico Cristóvão Borges. Apesar de estar em baixa com a torcida, o treinador negou qualquer conversa com a diretoria sobre a possibilidade de deixar o clube e disse que a pressão é normal.

“Não tive conversa com ninguém da diretoria sobre isso (demissão). No vestiário estava o nosso diretor, nosso vice de futebol. Conversamos normalmente. Essa coisa de pressão é normal. Uma equipe como o Vasco vem dessa pressão não é de hoje. A pressão vem de algum tempo, porque sabemos que o clube precisa ter campanhas e resultados mais sólidos. Sabemos disso. O trabalho segue. Vou continuar trabalhando normalmente”, disse o técnico em entrevista coletiva.

Sobre a eliminação desta quinta-feira, Cristóvão disse que o resultado do primeiro jogo foi determinante, quando o Vasco ficou apenas no 1 a 1 em São Januário e jogou grande parte do confronto com um jogador a mais.

“O resultado do primeiro jogo leva uma grande parte do resultado final. Jogando em casa tinha que fazer o resultado, e aconteceu daquela maneira. Tínhamos um jogador a mais, sabíamos disso. A Copa é jogada dessa maneira. No jogo em casa tem que aproveitar. Não aproveitamos, e ficou mais difícil”, destacou.

O Vasco agora se concentra apenas na disputa do Campeonato Carioca. Neste domingo, o clube tem clássico contra o Botafogo, no estádio Nilton Santos, pela segunda rodada da Taça Rio.

Fonte: Band.com.br

Comente

Go To Top